Por Onde Anda | Marjorie Estiano (Popstars – 2002)

6

“Se nada tem um fim
Quem é que fez o não
Se a nossa vida quer assim”

Marjorie “Estiano” Dias de Oliveira pode ser mais conhecida como atriz devido aos seus excelentes papéis em novelas da Rede Globo, entretanto a jovem também tem um grande destaque no mundo musical e tudo começou em 2002 quando participou do reality show Popstars, exibido pelo SBT.

Marjorie começou seu caminho rumo ao sucesso aos 18 anos quando, após concluir o curso técnico de artes cênicas no Colégio Estadual do Paraná, e mudou-se para São Paulo. Em Sampa cursou a faculdade de Música por dois anos e, depois, Publicidade, por mais um ano. Durante esse período, atuou em algumas peças de teatro e fez alguns comerciais para televisão. Ainda nesse período integrou um grupo de garçons cantores os quais faziam performances de clássicos do cinema, como Grease e Cabaret, chamado Cine in Show. Em 2002, participou do reality show Popstars, exibido pelo SBT, passou pelas primeiras fases do programa não conseguindo chegar até a final. Nessa edição do programa foi formada a banda Rouge.

Após o programa, prestou um teste para cursar a Oficina de Atores da Rede Globo, levando-a se mudar para o Rio de Janeiro onde obteve a sua primeira oportunidade na televisão em 2003, com uma participação em Malhação. Entrou para o elenco fixo da novela em 2004, ano de maior audiência do show, onde interpretou a vilã Natasha, baixista do grupo musical Vagabanda, e foi a partir daí que a jovem se tornou conhecida pelo grande público. Ainda nos seus primeiros anos de carreira participou de obras teatrais como “Clarice”, “Bárbara não lhe Adora” e “Beijos, Escolhas e Bolhas de Sabão”.

Devido ao grande sucesso da sua personagem, Natasha, começou a gravar demos e a apresentá-los em gravadoras, até que a Universal Music aceitou lançar o CD, que começou a ser distribuído nas lojas no dia 30 de abril de 2005. Após o lançamento do primeiro CD, a cantora decidiu apresentar-se pelo Brasil e o espetáculo estreou em julho de 2005. No mesmo ano renovou seu contrato com Rede Globo e tornou-se coadjuvante em Malhação.

Em novembro de 2005, Marjorie lançou o primeiro DVD que, além das músicas do CD de estreia, traz a leitura da cantora para os sucessos “Miss Celie’s Blues“, tema do filme A Cor Púrpura, “Até o Fim”, clássico de Chico Buarque, e “This Love”, do Maroon 5, entre outros. O CD vendeu mais de 175 mil cópias e o DVD atingiu a marca de 42 mil cópias vendidas.

Em 2006 após deixar o elenco de Malhação, foi escalada para o elenco da telenovela Páginas da Vida, de Manoel Carlos. Na trama viveu Marina, personagem que luta para tentar salvar o pai do alcoolismo, e que fazia parte de um núcleo central na história. Nesse mesmo ano como cantora, ganhou o Prêmio Multishow de Revelação, o que impulsionou sua carreira musical.

Em 2007, finalizou o segundo CD (Flores, Amores e Blábláblá), que incluiu uma canção de Rita Lee, uma canção da sua própria autoria, “Oh! Darling” (dos Beatles) e a canção “Espirais”. No episódio da série Sob Nova Direção, Marjorie fez a personagem Nelly Li (uma mistura Nelly Furtado e Negra Li) e também cantou a canção “Espirais”. No mesmo ano, foi selecionada para fazer sua primeira protagonista no horário nobre da Rede Globo na novela Duas Caras onde interpretou a personagem Maria Paula, uma jovem dividida entre o amor e o desejo de vingança.

Em 2009, Marjorie foi convidada para participar de Caminho das Índias, novela de Glória Perez, na qual fez a personagem Tônia, a qual namorava um rapaz esquizofrênico e sofria a oposição da mãe do rapaz. Nesse mesmo ano filmou Malu de Bicicleta, sua estreia no cinema. Em 2010, estreou na peça Corte Seco, e também participou do episódio “Na saúde e na doença”, do seriado S.O.S. Emergência, onde interpretou Flávia.

Em 2011, Marjorie Estiano participou da minissérie Amor em Quatro Atos, baseada em quatro musicas do Chico Buarque. Também assumiu o cargo de apresentadora do semanal Cine Conhecimento da TV Futura, um programa que apresenta filmes de vários países que focam questões atuais abordando técnicas, detalhes de produção, história, curiosidades, premiações e diferenças culturais. E estrelou a peça teatral “O Inverno da Luz Vermelha”. Ainda nesse ano viveu também sua segunda protagonista em uma novela da Rede Globo, A Vida da Gente. Ela interpretou Manuela, jovem deficiente, rejeitada pela mãe, que criou a sobrinha ao lado do parceiro da irmã em coma, acabou se casando com ele e viveu o drama de ver a irmã despertar depois de cinco anos e buscar recuperar sua vida.

Em 2012 atuou na peça “O Desaparecimento do Elefante”. E protagonizou no horário das 6 a novela ganhadora do Emmy 2013, Lado a Lado. Na trama viveu a feminista Laura, mulher à frente de seu tempo que escandalizou a sociedade da época ao se divorciar do marido e buscar se firmar como professora e jornalista. Segundo a coluna “Gente Boa” do Jornal O Globo, de 15 de junho de 2013, a atriz foi convidada para viver Elis Regina em “Elis, o Musical”, mas recusou para se dedicar à gravação de seu novo disco. Em 2013, protagonizou a fase jovem da personagem interpretada por Fernanda Montenegro no filme “O Tempo e o Vento” o qual teve uma versão televisiva no ano seguinte. A atriz retomou sua carreira musical participando projeto Covers ao lado de grandes nomes da música brasileira.

Nesse ano de 2014, foi confirmada sua participação na primeira fase da novela Falso Brilhante, de Aguinaldo Silva, e que será a protagonista dos filmes “Beatriz, entre a dor e o nada”, e “Todo Amor”. Além disso, fez seu segundo dueto com Gilberto Gil em gravações para seu terceiro CD, cuja previsão de lançamento é para maio.

A Marjorie Estiano conseguiu uma carreira sólida tanto na televisão, quanto no cinema e é claro no ramo musical. Sendo lembrada tanto pelos seus incríveis personagens quanto pela música, como as canções “versos mudos” ou “espirais”, as quais até hoje não saem da minha playlist. Está ai uma verdadeira artista completa.

“Eu viajei no tempo só por você
E me perdi no final”

Bióloga, Mestre e Doutoranda em Botânica. Baiana de Salvador. Viciada em Séries e Filmes.
  • Pedro

    Marjorie <3

    Já falei mil vezes pra vocês, mas repito: eu amo essa mulher, brigo por ela quando falam mal. Excelente cantora e atriz, pena seu talento não ser tão valorizado quanto merece.

    Parabéns pelo texto, Vanessa, fez jus demais à ela!

    p.s.: VEJAM A INVEJA DE SU VIEIRA ASSISTINDO MARJORIE SAMBAR EM CENA! Melhor cena de sempre! Maria Paula melhor mocinha da TV, Duas Caras melhor novela, Espirais sem Grammy a maior injustiça!

    • vanessamatos18

      Ah Pedro! Sabia que você ia gostar do video da cena da Maria Paula socando a Silvia!
      Ela é uma atriz formidável e uma cantora muito boa.
      Adoro as músicas dela
      Tentei mostrar os dois lado da Marjorie fico feliz que tenha gostado
      Valeu pelo comentário ;)

  • Gabriel Esteves

    Você me faz comentar tudo que escreve, que raiva viu…

    Poxa… Marjorie, inesquecível. Me lembrou quando a minha mãe não me deixava assistir “Malhação” e nessa temporada ela deixou. Aliás, umas das melhores temporadas pós-mocotó. Acredito que o sucesso de Marjorie se veio pela sua determinação e força. Ela lutou, lutou e lutou até chegar aonde queria. Em “Malhação” não a curtiu tanto, pois era vilã(também não sabia desgrudar o personagem da pessoa), mas sabia que ela muito talentosa e já virava fã.
    Mas virei fã dela mesmo foi em Duas Caras. A última novela das nove descente na Rede Globo ela faz um papel com sangue nos olhos em busca de vingança pelo golpe do Marcone Ferrasso. Odiava aquele filho dela(eita, menino chato das cuias), mas Maria Paula era demais. O que foi ela batendo na Sílvia? UAU. Aliás, ela foi demais, aquela novela só mostrou o ápice artístico que ela vivia. Maria e o Marcone no hospital… DEMAIS

    Realmente ela é uma grande artista e termino assim:
    “Eu posso tentar te esquecer/Mas você sempre será/A onda que me abraça/Que me leva pro seu mar.”

    • vanessamatos18

      Obrigada pelo comentário Gabriel.
      Ela realmente é uma grande artista

  • Lívia

    Extremamente talentosa!! Merece tudo o que já conquistou e muito mais… Odiava ela em malhação mas era pequena e não sabia diferenciar o ator do personagem.. com o passar dos anos a Marjorie só fez melhorar e crescer.. Ela é como o vinho :p hauhauahu

    • vanessamatos18

      Obrigada pelo comentário Livia. Concordo contigo