Vikings | Review – 2×06: Unforgiven

0

“[...] we have lost more knowledge than we ever had”. – King Egbert

O conhecimento é a arma que tem guiado todas as vitórias e derrotas da humanidade até hoje, apesar de ser riqueza o motivo delas. O episódio que inicia segunda temporada de Vikings reforça a ideia de como cada povo, cultura e tempo tem seus próprios conceitos, costumes, religiões e logo, conhecimento. Seja ele científico ou mitológico. Mas, o episódio vai além, e Vikings mostra como o perdão é construído na cabeça das pessoas, e como em algumas situações, essas pessoas são simplesmente imperdoáveis.

E que episódio hein?! Acho que Vikings tem se superado a cada semana, e nesse caso em especial tivemos tantas cenas importantes para o futuro da série, que nem sei por onde começar! Mas já que introduzi com a frase do Rei Egbert sobre conhecimento, vou por ele mesmo. Athelstan ficou em terras inglesas, e agora é íntimo do Rei, que lhe confia um segredo romano, um tesouro! Revelando que antes deles, aquela terra já havia sido habitada, por pagãos inclusive, que possuíam suas próprias ideias do mundo. Ótima adição para a mitologia da série que agora tem mais assunto histórico pra abordar! E como sempre o monge tá no centro do plot!

Depois de ser atacado na Inglaterra, o King Horik e volta pra Kattegat juntamente com o filho e poucos outros homens! O personagem está crescendo dentro da trama, e agora se envolvendo com a Siggy, que tá indo pra cama até com o filho do rei! Gente, que coisa estranha essa iniciação do filho, e o pai ainda ficou olhando a cena! Siggy está caminhando por terrenos estranhos, ela acha que consegue ler o Ragnar, mas as cenas finais do episódio comprovam o quanto ela está enganada.

Enquanto isso na terra de Laguerta, nossa guerreira loira está sendo maltratada pelo rei e seus homens. Isso é revoltante para nós espectadores, porém interessante pra o crescimento da personagem. E a cena em que ela simplesmente espeta o olho do rei foi algo que realmente não previ! Ao menos, não dessa maneira. Muito menos o apoio (aparente) do povo frente à mudança no comando! Earl Laguerta!!

Bjorn está amando! E é uma plebeia! Apesar de acreditar que o personagem merece mais minutos (importantes) em cena, estou gostando desse momento amor adolescente da série. E vai render ainda bons diálogos!

Para concluir o texto de hoje: Jarl Borg. O cara invada a terra de Ragnar, quase mata a família do homem, e ainda tem coragem de voltar por conta de um pedido de perdão (tá certo!). Eu até cheguei cogitar essa superioridade do Ragnar em pensar mais em longo prazo do que se ater à vingança, mas gente… não dá né! O resultado não podia ser diferente! Bota fogo na cabana dos homens do Jarl, e vai desenhar uma águia nas costas dele! Isso que dá ir consultar o oráculo mais tendencioso da televisão!

P.S.: Rollo meu filho acorda pra vida que sua mulher tá transformando os meninos em homem!

P.S.1: Rachei de rir com o Floki respondendo pra Siggy que não conseguia guardar segredo!

P.S.2: Os contos dos Césares que o King Egbert falou para o Athelstan narravam a vida dos imperadores romanos.

P.S.3: A princesa Auslag conta aos filhos a história de Loki, personagem da mitologia nórdica, que seria respeitado pelo Deus Thor, e ainda líder em várias batalhas.

P.S.4: Audiência de Vikings bastante estável! E como a série já está renovada, não há motivos para preocupação!

Visite o nosso Fórum.