Compartilhar

Se não fosse dessa forma não seria The Vampire Diaries. Uma vez suja de merda, por mais que você limpe alguém vai lá e caga tudo de novo.

Olá, caros leitores! Primeiramente, vocês podem achar estranho o primeiro parágrafo dessa review e a nota concedida ao episódio uma situação um pouco contraditória, mas irei explicar tudo direitinho mais na frente. Saímos do breve hiatus dando seguimento ao que nos foi apresentado nos últimos episódios, porém, vimos The Vampire Diaries com outros olhos desde que a saída da Nina foi anunciada. Não sei se foi apenas comigo, mas a construção de todo esse plot ao redor dela com a cura já foi uma pequena deixa para nos prepararmos para o adeus da Elena Gilbert.

É a partir disso que quero começar esse texto, pois não será algo muito longo ou fatigante. O episódio fez questão de mostrar uma Elena propensa a considerar o uso da cura para viver uma vida humana normal com todos os seus altos e baixos. Sim, tivemos aquela mesma discussão sobre o receio do Damon em perder a namorada e, da mesma forma, o receio da Elena em pensar em ser humana, mas não querer pra não perder os amigos. Entretanto, diferente da última vez, é possível notar certo amadurecimento nos personagens quanto a questão. Uma vez se mostraram extremamente tentados e amedrontados com a possibilidade de voltar à condição humana. Agora os vemos ainda amedrontados, porém, cientes de que pode ser algo necessário, o melhor a ser feito e, acima de tudo, estão dispostos a tentar.

Isso chega a ser algo bastante interessante, não só porque atenderá as esperanças de muitos fãs da Elena de a personagem como humana (no meu caso eu só estou preocupado com o tempo que falta para ela sumir de vez), mas também para mostrar o quanto o casal Delena se fortaleceu ao longo dessas temporadas, mostrando-se dispostos a abrir mão de ficar juntos para que um seja feliz. Por mais que tenhamos visto o Damon com um pé atrás, é evidente que ele não permitirá que Elena continue presa numa vida que ela não quer só porque ele não quer perdê-la. Se assim acontecer, Elena volta a ser humana e ir embora, o Damon deve estar ciente de que a está libertando para que ela siga uma vida normal. Apesar de ser extremamente doloroso imaginar a mulher que ama nos braços de outro homem, ele terá que carregar o peso de suas escolhas.

The Vampire Diaries6x18

Enquanto caminhávamos por essa estrada da cura, Caroline e Stefan aterrorizavam geral. Sinceramente, não é querendo provocar guerra ou dar piti de fãboy, mas não vou sentir falta da Elena (já não sinto) se tivermos uma Caroline maravilhosa como os produtores vem nos apresentado nos últimos episódios. A Candice deu um vigor jamais visto na sua personagem nessa temporada que essa fase sem humanidade está sendo o ápice da mesma. Uma Caroline com ou sem humanidade, dará conta do papel de protagonista (na verdade ela já está fazendo isso). Um colar de beijos, Nina…. que Deus te dê emprego.

O que foram aquelas cenas Steroline? A irônia e frieza dos dois vampiros foi algo deliciosamente irritante e cômico. Os deboches da Caroline em direção ao Matt e ao Tyler valeram por todo o episódio. Stefan também teve uma excelente participação nesse passa na cara dos dois bocós. Sem querer ser chato, mas juro que torci para que a Caroline matasse os dois. Vocês não sabem o quanto desejei ela ter duas moedas e uma dar cara e a outra coroa, e ela puder matar os dois. Qual a utilidade daqueles dois na série? Gente, até o Enzo ganhou um plot interessante envolvendo-se com a mama Salvatore, e o Matt e o Tyler continuam na mesma maré morta de sempre. Como pode?

The Vampire Diaries 6x18

Já que tocamos na Lilly, chegamos ao momento contraditório e que irei explicar o que prometi. Observando “I Never Could Love Like That” de maneira geral, o episódio atendeu extremamente bem as expectativas para um capítulo dessa temporada que, por incrível que pareça, estão sendo muito dinâmicos e gostosos de assistir. Por esse motivo dou uma nota alta ao mesmo, pois em questão de desenvolvimento, o episódio foi bom. Entretanto, aqui encontramos a questão que incomoda, pelo menos a mim, a desconstrução da mitologia.

As temporadas quatro e cinco foram marcadas por uma desconstrução da mitologia (e dos personagens) impressionante. Tudo o que Vampire Diaries defendeu nas três primeiras, essas duas fizeram questão de contradizer ao inserir coisas para justificar o andamento da trama. Dessa mesma forma estamos vendo essa história se repetir com esse plot criado em torno da Lilly e dos vampiros híbridos (metade bruxos, metade vampiros). Essa estória em torno dessa mulher é interessante, principalmente agora que entendemos o motivo de ela ter sido aprisionada, mas, tentar empurrar nas nossas goelas a desculpas de que uma criatura possa ser tanto bruxo, quanto vampiro, é demais.

Passamos diversas temporadas ouvindo o discurso de que a natureza busca o equilíbrio e jamais permitiria que um único ser fosse duas coisas ao mesmo tempo (com exceção do Klaus, porque o Klaus é o Klaus). A natureza não permite tal barbaridade, entretanto, há uma brecha caso essas pessoas sejam como o Kai, bruxos que não possuem magia própria a não ser que canalizem de alguém, logo, sendo vampiros eles podem canalizar a magia que os transformou e virar uma espécie da vampiro x-men. Confesso que olhei pra cara da Jo e só faltei meter a mão na cara dela. Julie e Dries, parem de inventar brechas pra fazer a trama andar. Sejam mais criativas. Obrigado.

E foi por conta dessa pequena cagada que dediquei aquele primeiro parágrafo. Mas como ainda estou falando da Lilly, confesso que me surpreendi com ela nesse episódio, pois ela foi extremamente sincera ao contar ao Damon que nunca teve interesse em voltar e se reconectar com seus filhos e que, o melhor, a nova família que criara preencheu o vazio que ela nutria ao ter sido largada à beira da morte pelo marido, de forma que ela esqueceu completamente seus sentimentos pelos filhos. Acredito que deva ter sido muito doloroso para o Damon ouvir da boca de sua mãe que ela estava tentando sentir afeto por eles, mas que perdera a noção do que era isso há muito tempo. O vampiro segurou suas emoções e seguiu com o plano de fazer com que a mãe trouxesse o Stefan de volta, e a guiou com as palavras chaves que fariam o irmão recobrar os sentidos. E que show de atuação a moça deu, hein? Se não tivéssemos escutado sua declaração anterior, assim como o Stefan, eu teria acreditado em cada palavra.

Enfim, acabei me estendendo um pouco demais e faltam poucas coisas a serem mencionadas, mas de fora rápida farei nesse parágrafo. Matt, ninguém se importa se você gosta dos vampiros ou não. Ninguém tá nem aí pra o que tu pensa, filho… vaza. Sarah, tu não engana ninguém. Todo mundo sabe que não vai demorar muito e te encontraremos fuçando os quartos da mansão Salvatore em busca de respostas. O Enzo sabe tanto disso que nem usou a compulsão para fazê-la esquecer.

Espero que tenham tido paciência de chegar até aqui, e que ainda tenham paciência para deixar um comentário.

Até breve.

Review
Nota do Episódio
Compartilhar
Tenho 24 anos, formado em História, e meu Hobby é ler e escrever. Fã de Harry Potter e viciado em séries. Amigos e família são essenciais em minha vida.
  • Valdir Luciano

    Ótima crítica, Carlinhos!

    O episódio foi excelente, mas também fiquei com aquela estranha sensação de ficar olhando para a Elena e pensar no enredo de TVD sem ela na próxima temporada. Me deu uma certa nostalgia, pois ela era o centro das atenções. E agora a té mesmo a Sarah está dando conta do recado.

    Stefan e Caroline? Chucky e Tiffany live action hahah… Gente, que casal perfeito, dinâmico… Que não duraram muito na versão sem-humanidade. Acho que até a Season finale a Caroline vai voltar com sua humanidade, com uma declaração pra lá de épica do Stefan.

    Lily? Nem se mostrou diabólica fisicamente, mas já me deu medo. Ela tem os olhos do Damon, o que já não é coisa boa hahahaha… Mas esse plot dos vampiros-bruxos… Foi de matar mesmo. Desconstruiu o que pensávamos saber nas temporadas anteriores. Fazer o que, né? O jeito é engolir e tentar se divertir com o plot. Ao menos, a cena final foi muito instigante, aqueles seis corpos se levantando.

    Bonnie? Passou uma temporada inteira presa no inferno pra voltar e ficar no quarto fazendo mini phasmatus? :(

    Kai? KAIdê você? Sei que não vai voltar, mas faz falta.

    Matt e Tyler… ZzzzZZzzz…

    Enzo, ganhou pontinhos nesse episódio. Ele e Sarah tem dinamismo, e o plot deles se desenvolveu bem.

    Enfim, estamos chegando na season finale, episódios bons, meio arrastados… Espero que com a saida da Nina a série se reinvente.

    • Matheus Lemes

      Ah eu gostei desse plot dos vampiros bruxos e achei até plausivel a explicação, bom penso assim como eles sao bruxos iguais ao Kai e teem que tirar a magia de outros ou outras coisas e sendo assim os vampiros foram criados por magia, e lembram-se do kai sugando a magia do vampirismo da Elena, e esses bruxos ao morrerem quando voltam continuam tendo a habilidade de sugar a magia e como a magia que envolve os vampiros eles a sugam e assim se tornam o que sao , para mim tem logica isso devido ao tipo de bruxos e como utilizam a magia

  • Matheus

    Sim,essa nova mitologia desconstruiu um pouco,mas The Originals foi construída através de um furo do bebe Hope. Pelo menos eles explicaram o motivo de serem híbridos. A natureza realmente nao permite que seja ambos,mas como foi explicado Hereges nao possuem magia em si,eles precisam absorver.

  • vitor

    Quando um bruxo se transforma em vampiro, ele perde toda a magia que possuía antes. Bruxos como o Kai, não possuindo magia própria, apenas a habilidade de sugar a magia, eles acabam não perdendo a magia, até pq eles não tem, eles roubam dos outros. A “magia” do vampirismo serve como combustível para seus feitiços.
    O fato é: Sobrenaturais como o Kai não são bruxos, são “aberrações”, um bug da natureza. Bruxos verdadeiros já nascem com magia, a magia vem da terra etc. Então eu gostei bastante da mitologia, faz sentindo pra mim.

    • Moisés Martins

      concordo completamente, achei ótimo isso. Não tenho o q reclamar, a menos que todos quisessem zumbis na próxima temporada né? não gosto disso veih, se os produtores querem desse jeito, tem q ser desse jeito, eu mesmo sempre quis vampiros-bruxos haha esse negocio de “há pq já foi explicado q não”, “mas tbm foi o explicado pq aconteceu”, as pessoas tinham q ser mais compreensíveis.

      • Guest

        Sim, não existe vampiro/bruxo, existe vampiro/hereges

  • JV_J-Law

    Carlinhos eu não sei porque, mas estou achando TVD excelente, a mitologia está perfeitamente coerente, acho que devemos ter calma, pois essa questão dos vampiros-bruxos vai ser algo bem mais explicado, por enquanto nós tivemos apenas um flashback do que está por vir…. a Caroline é a melhor personagem da série, e eu tenho certeza que a série vai conseguir sobreviver sem a Nina, e eu estou adorando, a cura está sendo reutilizada de uma forma bem estruturada, por isso não acho que foi algo ruim pra série, não vejo nenhuma desconstrução, até porque quando você lida com a 4ª e a 5ª temporada, que foram temporadas que REALMENTE desconstruíram tudo, não é qualquer coisa que faz você pensar dessa forma, e como você disse em uma review de The Originals ” É claro que os produtores cometem erros, não estou querendo dizer o contrário (…) para eles existe uma lógica completamente diferente por trás de tudo. Então, o meu conselho é sentar, assistir e assimilar. Pronto.” … Então por mais que é algo meio complicado de lidar VAMPIROS-BRUXOS na nossa cabeça, pela mitologia Gemini (Acho que é isso) ficou legal, acho que essa temporada está sendo a redenção da série, porque sinceramente tá ótima, torço todos os dias para que a 7ª temporada continue com esse ritmo!!

    • JV_J-Law

      Sem falar que eles não eram bruxos propriamente ditos, eles são como o Kai, eles apenas sugam os poderes de outros bruxos, ou seja, tem total coerência com a história… não houve desconstrução nenhuma!!

  • Damon Diixon#

    esse foi mais um episódio bom dessa temporada, eu também achei meio forçado essa história dos Bruxos Vampiros mais acho que pode ser um plot interessante para a S7, já que não vai ter a Elena!

  • Helena

    Concordo com todas as explicações aqui nos comentários que explicam porque a história dos vampiros bruxos não é um furo, faz muito sentido. Eu estou bem triste com a saída da Nina, por mais que a Elena não fosse a verdadeira protagonista mais a personagem melhorou muito nessa temporada. Acho que a saída dela até explica o foco dado a Caroline e a Bonnie nessa temporada, já estavam preparando o território. Com certeza a despedida dela vai ser muito emocionante, aguardando ansiosa!

  • fabio Rodrigues

    Hey! Otima critica! no entanto tenho de discordar com o facto de eles terem errado com a nova mitologia, achei bem foda e bem construida, afinal o kai e os hereges não têm magia, logo não são bruxos, eles apenas têm o poder de a sugar. A natureza busca o equilibrio, mas, a historia do Klaus é basicamente um furo, um erro da natureza, ele também é uma aberração que se julga impossivel de derrota ( e é mesmo), então os hereges também o são, não acho que tenham desconstruido a mitologia porque eles deram uma otima justifcação, os hereges são aberraçoes que nao têm magia, mas sugam-nas. Teria sido desconstrução de plot se eles nos mandassem este plot para cima sem nos darem uma justificação, mas deram e uma muito boa, e sinceramente estou bastante entusiasmado com isto, porque sinto de novo aquela ansia que sentia quando se ouvia falar nos Originais e eles ainda nao tinham aparecido… Agora sinto o mesmo e stou mesmo a ver que a proxima temporada vai ser brutal se eles trabalharem bem isto, porque MAGIA E VAMPIRISMO NUM SÒ SER VAI SER BRUTAL, consigo sentir o cheiro a mortes!
    na verdade eu vou sentir um pouco falta da nina, afinal era tudo em volta dela, mas Caroline como protagonista vai ser bem bacano.
    Não tenho paciencia para o Enzo.
    Lily mete medo só com o olhar credo!
    Foi um otimo episodio mesmo! E otima review :)
    Abraço!

  • renata celho

    Otima critica.
    Estava curiosa de saber sua opinião sobre a saida da Nina( ja vai tarde). A unica coisa que eu sinto é que fomos enganados , porque se todos sabiam que ela iria sair na 6° temporada , porque não acabar com a série logo. Mais to feliz com a solução encontrada , já faz um tempo que a Caroline ta roubando a cena ela realmente merecia mais destaques.

    A coisa que eu mais gosto dos vampiros sem humanidade é a sinceridade pura. também torci pra Caroline arrancar o coração do Tyler , afinal ele merece !!! Estou amando a sintonia de Steroline , com ou sem humanidade esse casal foi me convencendo ao longo da temporada.

    Meu unico medo é que com a saida de Elena teremos uma Damon sem humanidade talvez ??? E quem seria o gatilho dele sem a garota Gilbert por perto ???? Bonnie ??

    Cadê Kai ???? Vampiro e Bruxos ao mesmo tempo , pode isso Arnaldo ??

    Enfim , vamos esperar o que eles vão fazer…. prevejo muito lagrimas nos meus olhos nesses ultimos episódios !