Compartilhar

The end it’s not near. IT’S HERE!

Ô meu povo lindo, acabou. Calma, vocês ainda tem uma review inteira para ler antes de começar a chorar. Olha, uma coisa posso garantir, vocês não gostariam de estar no meu lugar. Sabem porque? Porque eu não faço a MENOR ideia de como escrever essa review, simples assim. Já é difícil criar um raciocínio coerente com um episódio de 40 minutos, agora, uma SF de uma hora e meia é judiar demais. Gente, foi perfeito, não poderia ter acabado de uma forma melhor. Vocês perceberam que, no final, TUDO SE ENCAIXOU? Tudo, tudo, tudoooo! Até elementos que eu nem lembrava da temporada foram trazidos à tona e se conectaram de uma forma brilhante. Assim, tive que escrever em um papelzinho o nome de todos os personagens que merecem e devem ser citados na review de hoje e, de algum jeito, ainda não sei como, vou juntar tudo para comentar do brilhantismo dos roteiristas para encerrar essa temporada. Sequem as lágrimas e vamos à nossa despedida.

Depois de abrir um “wordpad” e fazer uma resumo com os principais tópicos que preciso comentar aqui, resolvi começar pela “true vilain” desta temporada de Shield, aquela que deixou Ward e sua ira constante no chinelo, aquela que tinha tudo para ser a mãe do ano, mas conseguiu ser a pior pessoa do mundo. Não, o fato dela ter sido maltratada e ter sofrido na vida não justifica todas as escolhas erradas que ela tomou a partir do momento em que matou Gonzales. O que ela achou? Que ia matar o homem, destruir a Shield e ia viver com a glória dessa destruição para sempre? Amiga, para que tá feio. Em dois episódio ela se tornou uma personagem que eu torci tão contra que nem sei explicar. Tudo bem que eu odiei Gonzales desde o primeiro minuto em que ele apareceu e nem me importei com a morte dele, mas ela errou tão feio que me dá raiva. Jya poderia ter feito TUDO DIFERENTE, mas não, quis guerra, declarou uma guerra suja e era obvio que ela sairia perdendo. Jya se mostrou uma pessoa sem um pingo de valor, que mata por matar, sem nenhum propósito. Uma mulher amarga e cheia de sede de vingança, que não se contentou nem com o amor da filha, uma filha tão maravilhosa que ela nem se deu ao trabalho de conhecer.

E era Skye quem eu queria que fosse a primeira e enxergar o quanto aquela mulher era podre e foi exatamente isso que aconteceu. Achei um absurdo matar Raina daquele jeito. Não que eu gostasse dele, mas gente, ela estava se tornando uma das melhores personagens e poderia ter acrescentado muito ainda. Fiquei com ânsia da Jya naquele momento e quase bati palma quando percebi que Skye estava bem ali, presenciando tudo. Isso tinha que acontecer para ter alguém combatendo os princípios equivocados da Jya e era óbvio que teria que ser sua própria filha. Tinha certeza que isso aconteceria: Skye pender para o lado dos inumanos no começo, mas ajudar a Shield no fim. Era o certo a se fazer. Os inumanos não são ruins, Jya era, era ela quem precisava ser parada ou os inumanos cresceriam com conceitos terríveis para o futuro. Sempre entendi essa necessidade de manter o segredo, de viverem escondido, claro que é necessário, mas matar, querer destruir tudo, isso ficou sem sentido. Skye escolheu não se cegar diante da situação e brigar por aquilo que ela acreditava ser o correto. E, vamos combinar, não poderia ser diferente. A louca da mãe dela tentou matar a própria filha, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Nessa situação toda sinto pela Skye, que tinha o sonho de conhecer a mãe e teve que sofrer essa morte horrível, no sentido figurado da expressão.

O que me leva a falar do Cal, que sofreu tantas repressões por minha parte, principalmente e, no fim das contas, se tornou o herói. Confesso, nunca em vida achei que isso aconteceria. Pensei em trocentos finais para o Cal, menos no que aconteceu. Aqui eles nos remeteram ao início da temporada, quando todos nós queríamos saber no que Cal se transformava, qual era o monstro que ele tanto falava. Confesso que eu tinha até desistido de esperar e achei que tinham enterrado a possibilidade de uma transformação, mas imaginem minha cara quando vi Cal todo deformado, com uma força sobre humana? Eu adorei! Não esperei por nada mirabolante ou surreal (nível Raina), achei muito bom da maneira que fizeram. Um cara insano, com força e que sai destruindo tudo o que vê pela frente. Aqui preciso abrir uma parenteses para a caracterização, que foi muito bem feita. Os traços do Cal estavam ali, mas nós sabíamos que era algo totalmente diferente. Nunca pensei que veria Cal e Coulson trabalhando juntos, mas eles tem algo em comum que é muito forte: o amor pela Skye. Na conversa entre os dois só faltou Coulson falar: “cara, por favor, para de ser pau mandado da sua mulher louca e vai fazer a coisa certa, mostra pra sua filha que ela tem um pai de verdade, com quem ela vai poder contar daqui para frente”. E foi o que bastou para o Cal tomar uma atitude e mostrar que merecia valor esse tempo todo. Diferente da louca da mulher dele, ele escolheu o lado correto e teve a sua redenção, diferente de uns e outros que falaremos daqui a pouco.

A guerra foi uma escolha toda errada da Jya. Foi a consequência de uma sucessão de erros, de uma mulher amarga sedenta por vingança, que não se contentou com a ótima vida que ela poderia ter pela frente. Como eu já disse, Jya foi a verdadeira vilã da temporada, não Cal, não Ward, nem Bobbie e Mack em seus momentos de espiões, nem Gonzales, querendo destruir a nossa equipe, foi ela, que enganou a própria filha, que matou inocentes e que nos fez de idiota achando que poderia haver paz entre os dois mundos que a filha dela tanto estimava. O sonho de Cal de ver a família unida nunca se tornaria realidade, porque Jya era egoísta demais para permitir que isso acontecesse.

Nesse clima de falar sobre pessoas que não valem nada, que tal falar do Ward? Agora é oficial MESMO: nunca mais vou acreditar que ele pode ser uma pessoa melhor, mesmo porque, se eu ainda acreditasse nisso, poderia parar de escrever essa review e ir tomar uma gardenal, já que eu estaria louca ou bêbada. Ward é ruim mesmo, mal, daqueles caras que fazem maldade por pura maldade. Não tem outra definição para esse cara. O que ele fez com a Bobbie foi horrível, enfiar aquelas agulhar dentro da unha, isso é tortura, do pior nível. E vem me dizer que estava fazendo aquilo porque amava Kara e ela merecia o seu encerramento? Para vai, aqueles dois se mereciam. Mas estamos falando de SF e não existe SF de Shield se o Ward não levar uma coça de alguma mulher. Vocês se lembram da May destruindo ele na SF da primeira temporada, né? Pois é, Bobbie e Ward foi quase um Deja Vu. Ele precisa aprender que é melhor não mexer com as mulheres de Shield. Pena que Bobbie estava em desvantagem e teve que passar por tudo aquilo, mas ela se mostrou uma mulher de uma lealdade inquestionável quando se jogou na frente da arma e fiquei com o coração apertado pensando que ela iria morrer. Não seria justo. Justo foi Kara ter morrido, ela sim merecia. O problema é aguentar o sangue nos zóio do Ward na próxima temporada, porque, pelo que eu entendi, ele está trazendo a Hidra de volta como o cabeça de tudo, certo? Bring to us, boy. We’re all waiting!

Ainda seguindo nessa linha de vilões irritantes, não vou deixar nosso teletransportador preferido fora da lista. Não sei se é o fato dele não ter olhos, mas MEU DEUS, como pode ser tão cego? Tudo bem que ele era leal à Jya, mas será que é tão difícil enxergar os fatos? Aquela insana não amava ninguém, só a si mesma e, se precisasse, teria mandado Gordon para o quinto dos infernos no momento em que ele deixasse de ser útil para ela. Adorei Fitz, Coulson e Mack no meio daquela confusão toda. E aqui tenho que abrir um espaço para o Mack que, depois de tanto tempo envolvido em um mimimi eterno, resolveu assumir a posição de agente da Shield e brigar pela sua equipe. Chegamos em um momento em que a Shield voltou a se unificar, eles voltaram a ser uma coisa só, uma grande equipe e, mesmo que ele ainda tenha receio quanto ao lado alienígena do Coulson (o que é normal, visto o que ele passou), chegou o momento em que juntos irão descobrir as coisas estranhas que os envolvem. Foi uma saída muita inteligente colocar Mack para lidar justamente com isso, assim o envolvimento deixa de ser estranho. Ah e claro, que saída mais surreal cortar a mão do Coulson gente!! Levei um susto quando Mack fez aquilo, mas não deixou de ser inteligente ou não teria Coulson na terceira temporada. O que eu espero agora? Um braço de ferro assinado por Tony Stark, nada menos do que isso.

Vocês ainda estão comigo? Tá acabando, gente! Para encerrar, Fitz-Simmons, o ship destruidor de coração. É claro que teria um BOOM no meio desses dois, né? Sempre tem. Já estava comemorando o fato deles estarem se entendendo, Simmons estava mostrando que também tem sentimentos pelo Fitz e que eles resolveriam isso em um jantar romântico, e tudo ficaria lindo e eles passariam um verão delicioso a beira mar e aí a gente acorda porque Simmons foi SEQUESTRADA PELA GOSMA PRETA ALIENÍGENA. Não sou obrigada. Fim.

Observações Finais:

- Alguém consegue imaginar May usando um biquíni vermelho? Vai, amiga. Curte que você merece!

- Skye dirigindo a Lola <3

- Quais são as suas últimas palavras, Bobbie? EU FARIA TUDO DE NOVO. Vai tomando, Ward. Vai tomando.

- Não parecia certo o  Cal tão tranquilo trabalhando no consultório. É como se os planetas não estivessem alinhados naquele momento.

- Lincoln já estava me dando nos nervos. Espero que volte para a terceira temporada, quero voltar a shipar Skye com alguém.

- Uma ruiva incomoda muito a gente. Cinco ruivas incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais.

- OS PEIXES GENTE. VAI TODO MUNDO VIRAR ESTÁTUA.

Pessoaaaal, espero que vocês estejam lendo isso, assim significa que não dormiram no meio da review. Tinha que ser grande, o episódio pedia isso. E me desculpem se faltou algo, tentei pegar as partes mais importantes para discutir com vocês. É isso, ficamos por aqui. Queria agradecer todas as visitas e os comentários, obrigada por me acompanharem. E espero vê-los de volta na próxima temporada, estaremos por aqui! Um beijo grande, fiquem na paz!

E vamos sofrer juntos até setembro!

vidaacabou

Compartilhar
Depois de dar uma passada em Salém, se apegou ao mundo das bruxas e foi para New Orleans conhecer o Coven, já que sonha em ser a nova Suprema. Não deu certo, quis virar vampira. Foi para Bon Temps, virou BFF da Pam, mas descobriu que sangue não é muito sua praia. Encontrou o Vincent e tentou ser sua Bela, mas a Cat continua sendo a dona do seu coração. Desistiu do mundo sobrenatural e foi para a Escócia tentar roubar o coração do Bash, pena que ele só tem olhos para a Mary. Passou alguns meses fazendo companhia para a Molly no espaço, mas cansou dessa vida de peregrina e entrou para a equipe dos agentes da SHIELD. Hoje ela e Skye são melhores amigas. Acha que FRIENDS é a oitava maravilha do mundo (e ai de quem falar o contrário). Seu sonho: encontrar o seu Pacey Witter. Do mais, é a Jeh, de 24 anos, que ama cantar, sorrir, sonhar e enlouquecer cada dia mais neste Manicômio!
  • Nathan Ruas

    Meu Jéh perfeito neh q final de temporada tenso primeiro pela Bobby meeeeu quase morri junto com ela poxa ela mostrou pro hunter o quanto o ama eu naum achava q ela gostasse dele tanto assim eu tinha as minhas duvidas, e Ward meeeeu q vontade de entrar lah pra dah na cara dele junto com ela q covardeee tomara q a Skye e Bobby mais Mais catem ele na próxima temporada e acabem com a raça dele…. Jéh VC naum mencionou a briga da May com a Skye q lota boaaa uma das melhores e Jay meu tinha tudo pra estar no meu Coração e acabou com tudo fazendo o q fez tadinha da Skye, mas o Cal foi realmente um Paizão e salvou a filha da mãe e cumpriu a promessa dele meu q final merecedor teve esse final de temporada meu a hora q aquele cristau foi caindo eu falava não, não, não… Desesperadamente foi um final pra fã nenhum botar defeito agora o q eu naum tenho palavras para descrever foi o que aconteceu com a Simmons como assim??? Ela tah viva ela morreu??? Alguém me responde??? Uma coisa temos q reconhecer q nesta série VC naum deve de maneira nenhuma shippar algum casal pque VC concerteza ficara com seu coração despedaçado em milhares de pedaços. #qrofitzsimmonsjuntos

  • Priscila Soares

    EU QUERO MORRER. Que SF foi essa, Jya so uma coisa BITCH, e BICTH me lembra do Fitz, q sotaque *-*. kkk É mta coisa pro meu coraçãozinho, Eu desisti do Ward e agora quero q a Skye quebre a cara dele de verdade ja q toda temporada ele apanha de uma mulher que seja dela pfvr. Couslon sem a mao, essa cena me deu um treco kkk. Lincoln please voltte, colirio para os olhos, eu desconfiei que ele ia ficar do lado da skye principalmente qdo viu o q a mae dela tinha feito, só precisava de um incentivo. MAYYY ela e o marido dela (que esqueci o nome), na hra q ele apareceu de novo lembrei da review sua falando q provavelmente nao o veriamos tao cedo. Só acho q ele vai continuar presente. e por fim Skye dirigindo a LOLA quer prova de amor maior q essa kkkk. Enfim, ACABOUUUUUUU (choro e choro) até setembro

  • Crislei Silva Leite

    Jeh eu estou em choque, e nem sei por onde começar….mais novamente concordo com tudo que escreveu na review e sentimentos de angústia para a próxima temporada, o que será do Fitz agora que está se recuperando, ter que lidar com o que quer que aconteça com a Simmons, não vai ser fácil e principalmente porque…não tenho certeza mais acho que foi ele que destrancou a porta daquela coisa, quando encostou sem querer na caixa ao ouvir a resposta da Simmons ao convite para jantar. E Ward então…com certeza vai querer destruir a Shield por conta do que aconteceu e sua maldade já provou que ele pode ser a nova cabeça da Hidra. Não sei se a Bobbi volta para a próxima temporada, a conversa com o Hunter pareceu para mim uma despedida da Shield. E também pelo que parece (porque né…com Shield não dá para ter certeza de nada) a Skye será a pessoa que irá realmente liderar os inumanos, conforme previsão da Raina, pois o projeto que o Coulson discutiu com ela no final do episódio era justamente identificar e guiar os inumanos, deixando eles nas sombras, sem que as pessoas saibam de suas existências, acredito que conforme forem aparecendo os inumanos depois de tomar aquelas capsulas de peixes a Shield irá tentar recrutá-los para se juntar a este projeto. Achei muito legal o Mack já chamar a Skye de Tremor e confesso que achei que não ia acontecer nada com o Coulson quando pegasse o Cristal já que tinha sangue alienigena o corpo, mas que nada né, ele é mais humano do que o Mack acha…Bom fico por aqui, me juntando a você no desespero para início da próxima temporada, beijos.

  • Gabriela

    Então terceira temporada começa semana que vem né??? Nãooooooooooooooooooo só em Setembro =((((((((( Bom o ep foi perfeito. Só uma coisa a dizer..eu quero que o Ward morra com o tiro que a May prometeu.Fim

  • Larissa Guardiano

    Season Finale, com cara de Season Finale. Nossos roteiristas sabem com fechar a temporada. Foi perfeito em tudo.

    Já que você começou falando da “mãe do ano” -sqn, vamos no mesmo embalo. Essa mulher passou de todos os limites, ela de alguma forma conseguiu se comparar ao Whitehall, na verdade ela desceu mais baixo que ele, na minha opinião. Tentar matar quem aparecesse na frente, é tão desumano quanto o Whitehall, agora, tentar matar a Skye, própria filha, é pior de tudo. E que poder super scary que ela tem?? Meu Deus, muito medonho. Pra mim ela não passa de um Whitehall de saias.
    Agora o Cal. <3 Que personagem, (desculpa o palavrão) FODA! Eu ainda não entendi o que fez ele se transformar naquele monstro, eu sei que foi experimentos humanos, alguma coisa com aquele negocio que ele tinha na siringa, mas ainda não entendi muito bem. Mas não importa, porque pra mim, ele sempre foi um personagem pra se levar em consideração. Sempre lutou ora ficar perto da filha, de um jeito errado na maioria das vezes, mas sempre teve um objetivo, e nunca saiu nem um pouco desse caminho: colocar a família dele junta de novo. É óbvio que a mulher que ele escolheu pra essa família, é completamente errada, mas ele tinha uma causa justa, e estava lutando por ela. E no fim mostrou que ele ama demais a família dele, pra ver a Jya destruindo tudo. E salvou a Skye. E que bonitinha que foi a cena de quando eles estavam levando ele pra começar a apagar a memoria. Confesso que chorei um pouquinho, sempre quis ver os dois como pai e filha, e essa cena mostrou isso pra mim.
    Eu não vou falar do Ward, por que eu concordo com você em tudo. É uma decepção tão grande que eu nem consigo me expressar. E se ele quer vir com a Hidra, que venha, porque pelo o que eu entendi daquela cena final da Skye e do Coulson, a Skye vai ajudar os Inumanos, os Inumanos vão estar de certa forma do lado da Shield. Então pode vir, Ward. E na hora da surra da Bobbie, eu pensei a mesma coisa, ele sempre apanha de alguma mulher no final.
    Finalmente o Mack entendeu como funciona o negocio, e mesmo que alguns tenham habilidades diferentes, no caso a Skye, a escolha de ser um agente da Shield é que faz toda a diferença. Finalmente ele entendeu isso, e começou a mostrar porque ele estava ali. Mas eu ainda não vou com a cara dele.
    Sobre FitzSimmons, eu disse que não dá mais pra ficar shippando casais em Shield, é uma coisa que acaba com a gente. Mas eu estava gostando dos dois se acertando, combinado de irem jantar, a Simmons toda nervosa, e de repente ela é sequestrada por aquele negocio. Nada dá certo pra esses dois, ôh karma!
    Você não mencionou Skye vs. May. Eu amei a luta das duas. Como a Skye evoluiu, eu sei que isso já foi mostrado nos episódios anteriores, mas ver ela lutando e batendo na May, mostrou de verdade o quanto ela cresceu. É claro que nem sonhando ela poderia derrotar a May sem usar os poderes, mas ela bateu legal também. Outra coisa que eu gostei, foi quando a Skye estava lutando com a Ruiva e a Ma e o Lincoln chegaram pra ajudar, só um uma troca de olhares já sacaram que estavam do mesmo lado. Prevejo Lincoln na próxima temporada.

    A May de biquini vermelho vai ser um arraso.E ela ligando pro Andrew? <3

    Skye dirigindo a Lola, só mostra o quanto ela e o Coulson são ligados. Porque você sabe que o Coulson não deixa qualquer um encostar na Lola, e eu nunca vi ninguém dirigindo, que não fosse o Coulson.

    Fábrica de mãos robóticas Fitz-Stark.

    E é isso, Jeh. Mais uma temporada se foi, e a agonia de esperar até setembro começa. Pelo menos vou colocar as séries atrasadas em ordem, porque Shield é prioridade. Será que Agent Carter vai ser só na mid season de novo? Poderiam fazer até setembro, né? Ms enquanto Shield não volta, até setembro, Jeh.

    • Letícia Fontana

      Larissa, você falou tudo o que eu pensei assistindo o episódio!!! O Cal sempre foi um super pai, tão pai que errou por amor… Amei o final e chorei quando a Skye foi cumprir a promessa de ver ele :’)… Coisa linda!

      • Emanuel Marcelino

        O Cal teve suas memórias apagadas( ao menos foi isso que entendi) . Ele ñ lembra que a Skye é sua filha, por isso estava tão calmo.

  • http://twitter.com/huguitow Hugo Leonardo Chaves

    Jeh, tô triste, e não é só por ter que esperar até setembro!

    Essa SF foi totalmente oposta à da primeira temporada… Ano passado o clima era bem pra cima, Coulson promovido, os gordinhos, a base nova… Aí vem essa SF e derruba todos os forninhos: Coulson perdendo uma mão, Simmons sugada pela pedra, Mack fora da equipe, Cal TAHITIzado sem a lembrança da filha… Só de ter de escrever tudo isso já apareceu um ninja cortador de cebola aqui =~

    Melhor nem pensar nisso e ver todas as referências a outros episódios que apareceram nessa SF:

    – Mack decepou a mão de Coulson (confirmando o que a Marvel disse sobre tudo da Fase 2 do MCU sempre ter alguém perdendo a mão, em homenagem a Star Wars) do mesmo jeito que Hunter decepou Hartley;

    – Coulson dizendo a Cal que ele é um bom homem relembrando o primeiro episódio com Mike Peterson, agora Deathlok;

    – Skye relembrando os tempos de hacker, e depois a Maré Crescente;

    – Ward levando outra surra de outra mulher;

    – May ligando pro ex…

    E pra terminar, o melhor gif da SF:

    Beijos, parabéns pelas reviews!

  • Fawks

    Jeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeh!!

    Rapaz, essa SF acabou comigo aqui, como pode isso?! Só não gostei da propaganda enganosa que a ABC fez, falando que era 2 horas de SF, só esqueceu de comentar que era 2 horas com os comerciais kkkkkkkkk.

    Como foi muita coisa, vou comentar apenas os pontos importantes pra mim, se não, fico até amanhã escrevendo.

    Primeiro, rapaz, que maldita essa Jya! Como pode alguém que viveu tanto tempo, ser tão cega e seca em relação a toda essa situação? É justamente como o Cal falou, ela virou uma pessoa totalmente diferente depois da situação com o Whitehall. Até entendo a situação dela, mais continuar com essa loucura, envolver a Skye e até tentar matar ela? Ai já é demais. Pirou legal. Teve uma morte merecida.

    Antes de qualquer outra coisa. COMO NÃO AMAR ESSE CAL? Rapaz, faz muito tempo que um “vilão” não me ganha assim. Ótimo personagem, ótimo ator. Por mais louco que ele pudesse ser, o interessante foi mostrar que ele tava ali, lúcido no meio de toda a loucura e seguindo a Jya cegamente por que ver a família unida era o único desejo dele. Foi épico ver o cara passar por cima do ciúme que ele tinha do Coulson e por cima do que sentia pela Jya tb. O cara puxou pra ele a responsabilidade de acabar com o monstro que ele mesmo criou. E aquela despedida com a Skye? :'( um fim ultra correto pra ele.

    Gostei de enfim ter acabado a palhaçada de Shield 1 e Shield 2. E gostei ainda mais do Mack ter parado de mimimi. Já tava chato, o cara prefere simplesmente pular fora do barco a aceitar a realidade. Enfim mostrou ao que veio, mas confesso que fiquei com aquela cara de bunda quando ele cortou a mão do Coulson! Rapaz, quando eu vi o Coulson pegar o cristal, já tava prevendo merda, e quando ele começa a virar pedra, veio o machadão! Como isso produção?! Gostei demais, mostrou que realmente o cara respeita o Coulson, apesar das diferenças, do contrário, ele teria deixado nosso querido diretor simplesmente virar pó.

    Ward nem comento, só amei a coça que a Bobby deu nele. Se já debilitada e só no bagaço ela deu aquela surra, imagina se estivesse em plena forma? Teria limpado o chão com o maldito kkkkkk. E aquele plano de mestre da May?! Se livrou da 33 fazendo o próprio Ward matar ela e ainda recuperou a Bobby. May ownando como sempre.

    E sim, agora é oficial, EU DESISTO DE SHIPPAR FITZ-SIMMONS! Primeiro ela vem toda emotiva querendo, na hora errada, falar sobre os sentimentos do Fitz e dos dela também. Depois, quando o infeliz finalmente cria coragem pra convidar ela pra um jantar, me vem esse maldito artefato Kree! Meu Chesus o que houve com a Jemma?! Isso é demais pra mim, já não basta deixar o Fitz só nos cacos na SF da S1, agora a Jemma é engolida por uma pedra neurótica que não consegue se decidir entre sólido e líquido. Pô produção, dá um desconto!

    No resumo geral da obra, foi uma ótima SF. Encerrou a temporada de forma épica, cortou todas as pontas soltas, explicou algumas outras e deixou um puta mistério pra S3. Gostei do final que o Coulson e a Skye deram pro Cal, e ela dirigindo a Lola?! É muito amor paterno nessa Shield! O jeito agora é sofrer até a S3. O que vai acontecer com a Jemma? Como vai ser a mão turbinada do Coulson? E os Inumanos, como ficam? Vão fazer parte da Shield em um grupo de poderosos com a Skye comandando? É muita dúvida e muita ansiedade pra muito tempo de espera!

  • Letícia Fontana

    Jeh, review maravilinda, e episódio Afudê…. Que show de bola!!! nessa uma hora e pouco eu fiquei pensando “Por Deus que a Skye esteja no filme dos inumanos em 2019″. Esse episódio daria um filme excelente, os recursos de filmagem, as cenas de ação, os diálogos…. Confesso que episódio passado eu tinha me sentido decepcionada pela falta de uma ligação mais forte com “A Era de Ultron”, mas depois desse episódio final… Meu… Que essa série dure, enquanto a Marvel durar. Que os Inumanos venham com força nesse seriado, que a Jemma esteja viva, que o Coulson tenha uma mão que nem a da armadura do Homem de Ferro, que venha o seriado solo da Harpia (aquele “eu não posso mais fazer isso” me deixou com gostinho de “vou me retirar para minha série” ou de “não estarei na próxima temporada”, espero que seja a primeira), que tenham muitos crossover com os próximos filmes. PS: Rumores de que a Guerra Civil vai se iniciar no MAOS e depois dessa ideia de “Agentes com poderes que devem ser secretos”, fiquei com mais esperança de ver isso acontecer.
    A única coisa que me chateia nessa série, são os retardados que insistem que a MARVEL é inferior em séries… Véio…. Olha esse episódio e vai dormir, porque a qualidade foi de filme de grande porte!!!

  • Monica Pinheiro

    Jeh, no final só deu tempo de dar um gritinho e tô com a cara congelada até agora…rsrs. Desisti de vez do Ward. Shippando tb Lincoln com Skye, espero q ele volte. Torcendo muito pra Bobbie e Hunter continuarem na série, nada de spin off. Quanto ao coulson, a princípio achei q o cristal não fosse afetá-lo por causa do soro alienígena, com isso me assustei quando ele começou a virar pedra, palmas para Mack. Se não for um braço de ferro do Tony Stark, poderia ser um braço da Dra. Cho.

  • Alfakyn

    Mas que temporada magnifica.

    É difícil fazer um comentário sobre essa temporada sem desfiar elogios sem fim, quanto mais ser imparcial no julgamento da série.

    Adorei a evolução da Skye, sou fangirl assumida de super-heroínas e a transformação da Skye na futura Quake está espetacular.

    E a Marvel sempre mantendo padrões, em todas as produções da fase 2 algum personagem perdeu a mão (Thor perder na ilusão do Loki em Thor: Mundo Sombrio, Ulisses Klaw teve o braço arrancado pelo Ultron em Vingadores: Era de Ultron, a Nebula perdeu a mão em Guadiões, o Soldado Invernal não tem um braço em Capitão America 2, e agora o Filho de Coul), MAoS não poderia ficar de fora.

    Não sei como apresentar um comentário articulado, só sei dizer que MAoS fez o que não vejo a muito tempo em uma séria americana de Tv aberta, uma temporada perfeita, o que é ainda mais impressionante considerando o fato de ser um série de 22 episódios.

  • Milene Szaikowski

    Meu Deus, Jeh, que foi essa SF??? Enlouquecida aqui. No começo estava meio irritada com os inumanos seguindo a Jyah daquele jeito e a Skye sem perceber as coisas. Quem diria, que seria a Raina a salva a Skye da mãe mesmo. E ela ainda disse, eu não vou mais falar com você, mas você vai ver.

    Deu dó da Bobbi, mas a mulher é de ferro, hein? Imagino como ela voltará mais forte na próxima temporada. E ela e o Hunter <3!

    O que foi a Jemma se declarando pro Fitz. Até tive que parar o episódio pra recuperar o ar. Droga é ela ter sido abduzida pela gosma.

    Só casais lindos, Jemma e Fitz, Hunter e Bobbi, May (mostrando que tem coração também) e Andrew. Falta um love pro Coulson querido. E pra Skye, quem sabe o Lincoln. (Nossa… que vibe love estou)

    Ward é total psico. Vai ser guerra na próxima temporada.

    Ahhhhh vou ficar doida até setembro.

    Parabéns pelas reviews, Jeh, são excelentes e acompanhar a nossa Shield com elas fica muito melhor. Beijos e até setembro!

  • Hanna

    Vou deixar de comer peixe por um tempo!kkkk……….. Porque fazer isso com a Simmons. Porque?

  • Ricky

    Não vou mais comprar Omega 3!!

  • Allan Carrilho

    Oxe! ninguem comentou do Macki chamando a Skye de TREMOR (QUAKER)? ou seja ele inventou o apelido? kkkkkk

  • Benny

    Li uma teoria aqui que fala que aquele monolito seria o venom(do spider men), no caso seria a Jemma. Faz muito sentido até mesmo porque a Marvel falou que traria o spider-men de volta!

  • laressa myrella tavares da sil

    Nossa!, eu sempre desconfiei que a mama de Skye era meio psicótica, mas nunca de um modo de querer fazer alguma maldade com a para própria filha, o final dela não iria ser bom!.Ela teve a oportunidade de fazer a coisa certa.Mas não fez. Eu achei linda aquela cena de Jemma quase confessando que tinha sentimentos por Fitz. É bem que desconfiei que quando ela assumisse sentimentos mais de que uma amiga por Fitz ,e no final Fitz com aquele jeito lindo dele, convidando Jemma para jantar, eu disse para mim mesmo: ela seria uma burra se não aceitasse e então ela aceitou. Mas quando ele saiu eu percebi que os dois não iriam ficar juntos de cara na próxima temporada, Por que tudo para eles tem que ter sofrimento?. Aquela cena dela sendo absorvida pela pedra amorfa, me deixou de cabelo em pé!, acho que ela não morreu!. Ela só foi para outro lugar que ainda não sabemos ou talvez a pedra vai usa-la para pegar os inumanos.