Compartilhar

Não, não dá pra acreditar em como esse episódio acabou. A Charlie está morta! Gente, nossa nerd amada deu a vida pra desvendar o código capaz de ler o Livro dos Condenados e salvar o Dean de se tornar novamente o Deanmon. Foi uma boa causa, mas foi chocante e precoce. As perdas e mortes em Supernatural são frequentes, necessárias e não representam o fim mas perder a Charlie agora foi triste. A Charlie era inocente nessa bagunça de mundo sobrenatural. Ela foi introduzida aos trancos e abraçou a causa como dela por encontrar em Sam e Dean a família que nunca teve. Ela adorava usar seus conhecimentos para ajudá-los nas caçadas. Ela era uma mulher das letras por tabela e sabia que fazia a diferença.

Agora imagine o que os irmãos estão sentindo. O ciclo vicioso de culpa que ronda a vida dos dois é latente e virá à tona, com certeza, depois dessa tragédia (vai ser aquele mimimi de novo). Sam é responsável pelo envolvimento dela com o plano de retirar a Marca de Cain, entregando-a nas mãos dos Stynes. Dean, apesar de não saber do plano, também é responsável indiretamente por sua morte e, talvez, esse triste fato seja o interruptor para toda a fúria de Cain se revelar trazendo o Deanmon de volta. Tenho minhas suspeitas que eles vão acabar se separando de novo.

Supernatural - 10x21

Quando Sam contatou Rowena já deixou claro seu desespero e que alguma coisa daria errado mas não contávamos que seria a perda de alguém, muito menos a Charlie. Depois que Sam decidiu contar e pedir a ajuda de Cas e Charlie, achei que as chances de o plano dar certo aumentariam, já que o Cas, mesmo tendo seus poderes limitados por causa da queda dos anjos, estaria envolvido e a Charlie também, com seu conhecimento a disposição. Mas deu muito errado, rapidinho. Em um só momento (claro, fim de temporada) Sam reúne o time anti marca para trabalharem no códex e vai ajudar Dean num caso. O caso envolvia a família Styne que, na verdade, é a descendência Frankenstein que manipula corpos para obter maior agilidade e resistência como também manipula acontecimentos trágicos para ganhar dinheiro em cima dos negócios da família: limpeza. É muita informação. O rapazinho, filho do papai Frankie, desleixado e linguarudo, entregou o ouro todo a Dean que juntou os pauzinhos e descobriu o plano maluco do irmão. Pra completar, o cara deu uma de jogos mortais, cortou fora o braço (papai deve ter alguns no estoque) e foi matar nossa Charlie.

Apesar do choque, o plot é corajoso e promissor. O episódio que, de início, parecia trazer um desenvolvimento simples para a trama da Marca de Cain, surpreendeu ao introduzir a verdadeira identidade da família Styne, desenvolvendo uma estória para a família Frankenstein e tirando de nós a Charlie no fim dos 40 minutos. A audácia voltou a mover a criatividade dos roteiristas e chocar foi realmente a intenção. Fico feliz pelo twist criado e pelas novas possibilidades de desenvolvimento.

Mesmo achando que vão terminar a temporada como fizeram na passada, o Dean se tornando um demônio, conservo e alimento aquela velha esperança de fã de Supernatural que eles podem sim surpreender, como fizeram em Dark Dynasty, e nos entregar uma finale digna e deliciosa. Que a coragem esteja com vocês, roteiristas.

Sem muito o que dizer, vou ali curtir meu luto pela amada Charlie enquanto vocês comentam, ok?! Fiquem a vontade e até a próxima.

Ps

*Alguem percebeu que todo o elenco apareceu nesse episódio? Nosso querido Crowley anda procurando a mãe depois de expulsá-la do inferno. Relação mãe e filho, difícil em qualquer dimensão.

*Maior cara de puta arrependida a de Sam quando Dean contou sobre a indestrutibilidade do Livro dos Condenados. Eu ri.

*RIP Charlie. Agora ela vai encontrar quem faltava conhecer, o Bobby lá no paraíso.

Review
Nota do Episódio
Compartilhar
Professora de Inglês, musicista e apaixonada pela 7ª arte. Tudo o que se relacione com o glamour do cinema me fascina desde sempre. Minha paixão por séries começou com Lost, simplesmente épica! Depois vieram 24 Horas e Prison Break. Melhor série que já vi? 'SHERLOCK' sem dúvidas! Hoje vejo cerca de 60 séries, incontestavelmente VICIADA!
  • James Fernando

    Acho que sou o unico que torce para eles nunca conseguirem retirar a marca. #RIPCharlie

    • Tázia Lima

      Não é não!! Rsrs Queria demais ver o Deanmon de novo!

  • João Paulo Lourenço

    Oi, Tázia. Devido à correria do dia a dia, não apareci mais por aqui. Mas, hoje, li todas as reviews que você fez desde o meu último comentário lá no episódio 11. Todas ótimas, como sempre.
    Como assim a Charlie morreu? Também admiro a coragem dos roteiristas da série, que já mataram personagens emblemáticos, como o Winchester pai, o Bobby e, agora, a Charlie. Mas dessa vez…foi dose… #RIPCharlie
    Esse episódio pareceu mais uma introdução da 11ª temporada. Será o clã Frankstein o novo arqui-inimigo da nossa amada dupla de irmãos? E o embate das trevas entre mãe e filho, quais desdobramentos trará? Se a Rowena conseguir remover a marca de Caim e ficar com o Livro das Sombras? Se o Deanmon retornar e o Livro cair nas mãos da família Frankstein? E se a Rowena aliar-se aos Frankstein e o Deanmon retornar? São muitas as possibilidades abertas… e quase todas ótimas.
    Depois da morte de Charlie, vem muita DR entre os brothers na Season 11…
    Achei o episódio excelente, apesar da overdose de emoções não ter deixado tempo de deglutir bem as coisas… Aguardando ansiosamente a season finale. Até a próxima.

    • Tázia Lima

      Foi uma longa leitura hein João?! rsrs Obg por esse tempinho lendo minhas reviews. Pois é, a Charlie se foi, pelo menos no plano material pq em SPN nunca se morre de verdade. Realmente ficou com cara de introdução apresentando a nova dinastia e possibilidades sensacionais de desenvolvimento pra trama. Estou feliz e animada, super esperançosa de que os roteiristas nos entreguem bons plots e um desenvolvimento de respeito.
      Agoooora, sobre a DR, acho inevitável aquele mimimi ¬¬ Vai ter sim, pode esperar mas, tomara, que não entedie ninguém, que o resto compense.
      Até a finale, espero vc!

  • Mateus

    UOU!!! QUE EPISÓDIOS!!! E só de pensar que eu estava desacreditando na audácia e na criatividade dos roteiristas eles jogam essa bomba de episódio. Uma ótima ideia trazer os frankenstein pra série, se isso for bem desenvolvido, dá pra criar uma 11ª temporada bem rica.

    RIP Charlie. Não queria que ela morresse, realmente não esperava algo assim, eu estava imaginando que ela tinha matado o Styne!!! AQUILO ME PEGOU DE SURPRESA!!

    Mas acho que a morte dela causou um twist que a série precisava, o Dean estava calmo demais e agora veremos mais dos efeitos da Marca.

    Crowley jogando dardos no gordinho foi demais!!!!!!!!!!

    Tázia, ótima Review!!!!! Espero que os roteiristas desenvolvam bem esses últimos episódios e tragam mais twist, a série precisa muito disso. Até semana que vem!

    • Tázia Lima

      Muito bom hein Mateus?! Eles guardaram os cartuchinhos escassos pro fim da temporada. Foi surpreendentemente boba a morte da Charlie mas causou um impacto enorme. O Dean agora vira na peste e se entrega a influência da Marca, não é possível!!!
      Crowley é Crowley, soberano!! rsrsrs
      Rowena fazendo de td pra engabelar o Sam.. eu acho!
      Enfim, vlw pelo comentário e até semana que vem!

  • http://together-and-mixed.blogspot.com.br/ Augusto Nunes

    A Charlie ter morrido foi bem triste… Os roteiras foram corajosos, mas já é um costume a morte não ser um fim em Supernatural.

    • Tázia Lima

      Exato Augusto. Obg por comentar!

      • http://together-and-mixed.blogspot.com.br/ Augusto Nunes

        De nada! ^^

  • Fawks

    Confesso que tava pensando nela morta quando ela fugiu lá do esconderijo. Só não tava preparado pra realmente ver ela morta :/.

    Não tava esperando muito desse episódio e então pá, jogam mais uma possível ameaça pra série (achei os Steyn bem melhor do que os Grigori do 10×20). O interessante foi usar a lenda do Frankenstein, faz um tempo desde que não temos vilões realmente “humanos”, além disso, não caiu na mesmice de sempre. Vamos ver como vão trabalhar isso.

    Particularmente, não consigo dizer o quê esperar desses últimos episódios da temporada, acho que realmente a Season 10 vai acabar com o Dean cedendo a marca, ou quem sabe virando algo “diferente”, afinal, o Cain não era um demônio comum. Não acho que a Rowena vá realmente tirar a marca, mesmo a Charlie tendo conseguido algum avanço na pesquisa e deixando guardado lá, duvido muito que a mamãe do Crowley vá ceder e cumprir o acordo. Acho que ela vai acabar é piorando as coisas.

    A questão é, agora que a Charlie morreu, o que vai ser? Só espero que não volte aquele mimimi maldito entre os dois, que o Dean saia por ai matando meio mundo. Não curti esse plano furado dele de mentir pro Dean sobre o livro, uma hora ou outra a merda ia feder, foi mais idiota do que o lance do Dean com o anjo lá que era subordinado do Metratron.

    Bom, o jeito é esperar o 10×22, pena que agora, não tem mais Charlie pra alegrar os episódios :/!

    • Tázia Lima

      Fawks!!! Estava com saudades!! Já estava pensando em abandono!! rsrss
      Rapaiz, desse jeito vou perder minha vaga de review de SPN, vc é fera, que resumo mais legal!!
      A família Frankie veio pra causar, tocando o terror e matando a ruivinha preferida dos fãs. Olha, eu concordo com você. Adorei os Grigoris e a mitologia mas esse desenvolvimento da família Frankenstein foi mt legal. Dá muito pano pra manga e muitos episódios bons, basta querer!
      Concordo também com o que vc acha do fim da temporada, vai ser disso aí pra isso aí! rsrss Não tem muito o que desenvolver além da dominação da Marca, ou de sua retirada (não acredito mt nisso) e os Frankies conseguindo o livro do mal de volta.
      Como eu disse ali em cima, vá se preparando, o mimimi é quase certeza. DRs em Supernatural são inevitáveis e repetitivas. Faz parte. Só espero que todo o resto compense.
      Vlws Fawks, até semana que vem, não me abandone hein?!! :D

  • Ítalo

    Concordo com todos quanto à surpresa ao final do episódio e como isso “balança as estruturas” da série nesta temporada. Neste ponto foi positivo (mesmo sendo triste) a morte de uma personagem querida.

    De crítica apenas a forma como foi feito. Na minha opinião faltou um pouco de criatividade ao roteiro para tornar as ações da Charlie mais críveis no final. Não fez muito sentido ela sair de lá depois que o Cass tirou a Rowena da sala para dar privacidade a Charlie e ela simplesmente vai pra um motel sem nenhuma segurança sabendo de todos os perigos. Pareceu uma alternativa apressada dos roteiristas.

    Crítica 2: Acho esquisito um ser tão poderoso como o Castiel (mesmo sem todo o seu poder de outrora) ser subutilizado deste jeito. Desta vez como babá das bruxa e da nerd, e em outras ocasiões em que foi apenas uma ferramenta dos Winchesters. Os grandes momentos de Cass foi quando ele lutou lado a lado aos irmãos.
    Um dos plots dele este ano era ligado ao Metraton. Não tocaram mais no assunto referente a eles “reviverem” o personagem e a tábua dos demônios. Tenho receio que este tema seja, outra vez, o foco da próxima temporada.

    Mas ao final deste episódio, o saldo é positivo. Como disse no início, esse evento vai movimentar de vez o final da temporada. Ansioso para o que vai ser feito, e pelos próximos resumos Tazia.